Nintendo Switch

Nintendo Switch: 7 coisas que você precisa saber

Semana passada, a Nintendo finalmente anunciou o Nintendo Switch, o seu novo e revolucionário console de videogame que era chamado provisoriamente de NX. Mais do que respostas, o vídeo de apresentação levantou uma série de perguntas. Algumas foram respondidas pela empresa nos últimos dias.

Veja também:

Todas as informações relatadas abaixo são aquelas já confirmadas. O Videogame Mais tem como política não espalhar rumores ou boatos, por mais quentes que eles sejam. Meu compromisso é informar o leitor com qualidade e exatidão. Dito isto, veja sete coisas já confirmadas sobre o Switch até agora:

Apenas uma tela por vez

O Nintendo Switch não funcionará em duas telas como o Wii U ou até o 3DS. O vídeo deixa essa informação bem clara, mas também foi confirmada posteriormente pela fabricante. Sendo assim, ou você joga na tela do aparelho, ou coloca no dock para jogar na TV. A mudança entre displays acontece de forma automática. A afirmação veio de um representante da Nintendo para o site Polygon.

Terá GPU Nvidia

O Nintendo Switch terá um processador Tegra e um chip gráfico da linha Geforce, ambos da Nvidia e com a mesma arquitetura. A confirmação veio pela própria Nvidia, gigante das placas de vídeo de alto desempenho. Mais informações sobre especificações técnicas de hardware devem ser reveladas em breve.

Entretanto, o que me assusta, é que a CPU Tegra é usado em tablets e não em videogames de ponta. No texto publicado no blog da Nvidia, a fabricante garante que o hardware foi desenhado para uma alta performance em jogos, tanto para uma experiência em desktop, quanto para mobile. Vamos aguardar.

Jogos já confirmados

O vídeo de apresentação da semana passada mostrou uma série de jogos que não foram confirmados pelas respectivas empresas, como é o caso de The Elder Scrolls: Skyrim, desmentido pela Bethesda, empresa fabricante, logo depois. Por outro lado, vários games já foram confirmados:

Sim, é muito pouco para vender um console e torná-lo um sucesso. Como o Switch começará a ser vendido em março de 2017, em menos de seis meses, é possível imaginarmos que eles não vão demorar muito para anunciar mais títulos. O que conforta qualquer fã é a lista de desenvolvedoras que apoiam o console, como Ubisoft, Konami, Bandai Namco, Telltale Games e tantas outras.

Parceiras do Nintendo Switch

Afinal, para que serve o dock?

A Nintendo confirmou que o dock serve para conectar o videogame à TV com qualidade Full HD (1080p), e também recarregar a bateria interna do Nintendo Switch. O gadget não servirá para dar mais poder de processamento ao console, ou algo similar, como se imaginou no primeiro dia do anúncio.

Nintendo Switch - dock

Não terá trava de região

Atendendo aos fãs, a Nintendo confirmou que o seu novo videogame não terá trava por região. Desta forma, você poderá comprar um game nos EUA ou Japão e rodar normalmente no aparelho comprado na Europa, por exemplo. Não há nenhuma confirmação se o Switch será lançado no Brasil. Vale relembrar que a Nintendo saiu oficialmente de nosso país culpando o aumento de impostos. Mas há esperança de retorno.

Os controles já possuem nomes

O The Verge faz uma análise mais detalhada dos controles que foram apresentados no vídeo de lançamento. O Joy-Con (R) e o Joy-Con (L), como são chamados, podem ser acoplados diretamente no console para que ele vire um portátil completo. Porém, ele também pode ser inserido em uma base para que se transformar em um controle mais confortável, quando o Switch estiver na base.

Nintendo Switch - Joy-Con

Em alguns casos, em jogos mais simples ou que exigem menos botões, eles podem ser usados de forma individual. Claro que o conforto fica completamente de lado, mas isso permite que mais de uma pessoa possa interagir com o game. Existe ainda um “Nintendo Switch Pro Controller”, que tem uma formato padrão presente em diversos videogames. Nada foi falado sobre isso, mas tenho certeza que ele será vendido separadamente, assim como no caso do Wii e Wii U.

Nintendo Switch usará cartucho

Assim como o Nintendo 3DS, o Switch também usará cartuchos. Sem querer defender essa escolha, mas sabemos que a tecnologia de armazenamento em memória flash avançou muito nos últimos anos, e hoje podemos armazenar jogos maiores em um cartucho tão pequeno, vide exemplos como o próprio 3DS ou o PS Vita. O grande problema do DVD ou Blu-ray é toda a estrutura mecânica para rodá-los, que não cabe em um console que pretende ser portátil, mesmo que ele também seja um dispositivo de mesa.

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.

  • Jair Pinto

    Bem,se Resident Evil 7 sair para o NS,é um bom sinal.

    • Devem anunciar vários jogos até o final do ano. Eles TÊM que anunciar, já que o lançamento já é em março. Esperando ansioso.