JBC lança primeiro volume de Fort of Apocalypse


O mangá Fort of Apocalypse número 1 já pode ser encontrado em alguns pontos de venda pelo país desde esta segunda-feira (20). Com um total de 10 volumes, a coleção foi publicada originalmente pela editora Kodansha (a mesma de Fairy Tail, Knights of Sidonia), no Japão entre 2011 e 2015.

Veja também: Knights of Sidonia será distribuída apenas em lojas

Pegando carona no sucesso da série The Walking Dead e a moda dos mortos-vivos na cultura pop, a revista mostra a história de um grupo de jovens delinquentes que descobrem que a prisão onde estão pode ser o único lugar seguro na face da Terra após estourar um apocalipse zumbi do lado de fora. Fort of Apocalypse #01 tem o tamanho de 13,5 x 20,5 cm, 176 páginas e custa R$14,90. Kazu Inabe e Yu Kuraishi são os artistas responsáveis pela obra e os outros volumes serão lançados em periodicidade mensal.

Fort of Apocalypse

“Fort of Apocalypse guarda muitos segredos e reviravoltas, com grandes doses de ação, suspense e terror asfixiantes”, diz o texto de divulgação. No começo, acompanhamos a chegada do jovem de 16 anos Yoshiaki Maeda ao reformatório. Descrito como um adolescente típico, ele chega ao local alegando inocência, mas o que parecia ser um grande problema, logo se transforma no único lugar que pode salvar usa vida.

Em fevereiro, a lançou mais um mangá inédito no Brasil, o Dragon’s Dogma Progress. A minissérie terá apenas duas edições, sairá pelo selo Ink Comics e é baseada no jogo de RPG Dragon’s Dogma da Capcom. Originalmente, o mangá foi lançado no Japão em 2013 pela editora Hakusensha no portal Young Animal Densi. No Brasil, o primeiro volume tem 160 páginas e o preço sugerido de R$ 12,90.

Assuntos JBCQuadrinhos

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.