Como achar a baleia branca em Assassin’s Creed 4

Uma das caçadas mais difíceis em Assassin’s Creed 4: Black Flag é achar a baleia a branca. Saiba aqui como encontrar este animal raro. Antes de tudo, é preciso saber que a aparição dessas baleias é um evento online, portanto, é preciso estar conectado à internet e ao serviço Uplay da , desenvolvedora do jogo.

Veja também: Requisitos de sistema para Assassin’s Creed Unity

O jogador não precisa fazer nada para a baleia aparecer, basta estar conectado que a baleia será apresentada no mapa em alguns momentos, quando estiver navegando. Quando isso ocorrer, basta ir na direção para caçá-la. Você também pode compartilhar essa localização com seus amigos.

Assassin's Creed 4

Se você não tiver paciência para esperar, basta navegar para essas coordenadas, onde as baleias brancas aparecerão:

  • 638,901 – Norte da ilha de Abaco;
  • 658,831 – Sudeste da península da Flórida;
  • 950,547 – Norte e leste de Great Inagua;
  • 880,427 – Norte de Tortuga, Sul de Great Inagua, leste de Punta Guarico;
  • 677,320 – Sul de Cumberland Bay;
  • 674,315 – Sul de Cumberland Bay;
  • 576,115 – Entre Kingston e Isla de Providencia;
  • 862,310 – Oeste e Norte de Petite Caverne, ao sul da Tortuga;
  • 888,130 – Leste de Ile um Vache;
  • 418,39 – Sul da New Bone,oeste da Isla de Providencia.

Como caçar a baleia branca

Embora muitas pessoas consigam caçar a baleia branca com um barco a remo nível 2, o mais recomendado é partir para a missão com um barco a remo nível 3 ou superior, para poder resistir aos ataques da baleia enquanto atira seus arpões. Assim que conseguir acertar os primeiros arpões, tenha cuidado quando a baleia começar a arrastar o barco.

Quando ela mergulhar, fique atento as bolhas de ar para saber de onde ela sairá e desvie, isso ajuda a evitar maiores danos ao seu barco e ajuda na mira. No mesmo momento, concentre toda a sua força antes de atirar o arpão, isso causará mais danos e você perderá menos tempo na caçada.

Polêmica com a PETA

Claro que, “caçar baleias”, iria despertar a atenção da PETA (Associação de Tratamento Ético aos Animais, em tradução livre), a mais conhecida organização global de proteção aos animais. Em março do ano passado, o órgão envio um comunicado à imprensa condenando o que eles chamaram de “incentivo à extinção de animais”.

“Atirar em baleias com arpões e deixá-las sofrendo por uma hora antes de morrer ou ser mutiladas enquanto vivas – pode parecer história de livros, mas essa indústria sangrenta continua ativa hoje, mesmo com condenações internacionais, e é vergonho para qualquer jogo glorificar isso. A PETA encoraja as companhias de videogame a celebrar animais e não a promover a extinção deles”, disse a ONG em comunicado oficial.

Três dias depois, em resposta à PETA, a Ubisoft lançou o seguinte comunicado:

“História é o nosso parque que diversões em Assassin’s Creed. Assassin’s Creed IV: Black Flag é um trabalho de ficção que retrata eventos reais da era dos piratas. Nós não toleramos a caça ilegal das baleias, assim como não toleramos o estilo pirata de má higiene, saqueamentos, sequestro de navios e libertinagem e bebedeira além do limite”, disse a companhia francesa.

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.