GeekReviews

Review: Tempestade: Planeta em Fúria

A fúria é do planeta ou dos homens?

Trazendo tudo aquilo (e mais um pouco) que você já viu em filmes-catástrofe, o Tempestade: Planeta em Fúria cria uma desculpa para soltar as amarras e trazer todo tipo de destruição natural, sem pudor. Com Gerard Butler no papel principal, história apressada e personagens fracos, o filme entretém pelas situações bizarras.

Veja também: Pantera Negra ganha novo trailer

Na trama, após a humanidade castigar o planeta por muitos anos, ele começa a reagir com tempestades poderosas e incessantes que arrasam cidades inteiras, 17 países se unem para construir uma enorme rede de satélites com tecnologia para dispersar essas tempestades.

Tempestade: Planeta em Fúria

O problema todo ocorre quando estes satélites, ao invés de protegerem o planeta, começam a atacá-lo para provocar novas calamidades. Enquanto “2012” e “O Dia depois de amanhã” se revestem de uma pseudo-ciência para justificar a cólera da natureza, o Tempestade: Planeta em Fúria utiliza a desculpa da tecnologia avançada para ninguém contestar absurdos como uma vila congelada em pleno Afeganistão.

O longa pode até ter uma importante mensagem ecológica, mas ela se perde no meio de um roteiro apressado. Todos os problemas são resolvidos de forma muito fácil, sem recompensa ou punição. Nada é realmente investigado, tudo é feito na base do achismo.

Tempestade: Planeta em Fúria

Quando um filme é de fantasia ou comédia, você compra a ideia e consegue se divertir apesar das tolices e incoerências, o problema é quando ele se leva muito a sério e tenta parecer uma realidade alcançável. O resultado fica bobo.

Outro grande problema de Tempestade: Planeta em Fúria é que todos os personagens são rasos e nenhum deles é trabalhado. Em certo momento, um grupo é apresentado como os especialistas que vão salvar a humanidade, mas nenhum deles tem passado, falas importantes ou atitudes realmente essenciais. Aliás, você não consegue se importar com ninguém no filme. A projeção termina e você nem lembrará seus nomes.

Tempestade: Planeta em Fúria

Tempestade: Planeta em fúria é dirigido por Dean Devlin (produtor de Independence Day: O Ressurgimento) e protagonizado por Gerard Butler (Invasão a Londres), e conta no elenco com Jim Sturgess (Cloud Atlas), Abbie Cornish (RoboCop), Alexandra Maria Lara (Rush), Andy Garcia (Passageiros) e Ed Harris (Mãe!). Filme estreia no Brasil nesta quinta-feira (19).

Se você curte o estilo mais do que tudo, vai encontrar aqui um porto seguro. Leve a família, pegue a pipoca e divirta-se por duas horas, mas não espere nada além disso. O filme é tão elétrico e dinâmico que você não percebe a hora passar. Porém, assim como em um parque de diversões, depois que sair do , você não levará nada consigo.

Tempestade: Planeta em Fúria

Qual é a nota? - 6

6

Médio

Filme é até divertido, mas tem personagens rasos e roteiro corrido, com grande problemas sendo resolvidos na base do achismo.

User Rating: Be the first one !
Assuntos

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.

Close