NotíciasTech

Razer lança Basilisk; mouse gamer focado em FPS

Produto promete trazer mais eficiência para praticantes de eSport

A anunciou que lançará no Brasil o seu mouse gamer Basilisk, projetado para uma melhor performance em jogos de tiro em primeira pessoa, pois possui um sensor ótico que promete maior precisão. O periférico será lançado no Brasil em novembro, pelo preço sugerido de R$ 449.

Veja também: Razer anuncia controle Wolverine Ultimate no Brasil

O Razer Basilisk possui um sensor 5G capaz de atingir 16.000 DPI reais, que pode trazer maior eficiência para os praticantes de eSport. De acordo com o comunicado oficial, trata-se do mesmo sensor ótico utilizado nos mouses Razer Deathadder Elite e Razer Lancehead Tournament Edition, presentes no cenário competitivo.

Razer Basilisk

O gadget tem um ajuste na parte de baixo que permite ao jogador personalizar a sua própria sensibilidade no scroll, recurso que, segundo a Razer, pode ser útil para aqueles que configuram o comando de pulo no botão de rolagem. O Basilisk também traz switches mecânicos para mouse da Razer, que prometem até 50 milhões de cliques, e oito botões com tecnologia Hyperesponse que podem ser programados de forma independente.

Além disso, o produto traz dois clutches removíveis, um mais curto e outro mais longo. Esses clutches podem ser programados com diversas opções de tarefas dentro do jogo como coletar itens, iniciar uma conversa, entre outras ações. Quem prefere não usar este botão, a caixa também vem com uma proteção de borracha, para não ficar um espaço vazio na posição do polegar.

Razer Basilisk

“A capacidade de customização do Razer Basilisk o diferencia de outros mouses para jogos FPS e é algo pelo qual nós estamos muito orgulhosos”, disse Min-Liang Tan, cofundador e CEO da Razer. “Este é um mouse projetado para ajustar a performance de cada jogador de acordo com seu estilo. Para jogos como Counter Strike: Global Offensive, Playerunknown’s Battlegrounds, Quake e outros do gênero, não há nada melhor”.

Assuntos

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.

Close