GeekNotícias

Star Trek Discovery pode se aproximar de séries clássicas

Primeira temporada foi mais sombria do que os fãs estão acostumados

Durante o painel da CBS na TCA 2018, o produtor executivo de Star Trek Discovery afirmou que a segunda temporada será mais próxima das clássicas. Segundo Aaron Harberts, o programa vai trabalhar aspectos comuns da franquia, como o conflito entre fé e ciência.

Veja também: Raio Negro estreia na Netflix em janeiro; conheça a série

“Nesse ano, temos uma equipe criativa fantástica, todos se conhecem. Mas também temos mais tempo – tempo para viajar para fazer pequenas missões, visitar novos planetas. Essas são histórias que se encaixam um pouco melhor naquela estrutura de alegorias que as pessoas tanto amam em Trek. Mas continuaremos tendo um fio condutor da temporada”, revelou Harberts.

Star Trek Discovery

Muito fãs xiitas criticaram a primeira temporada de Star Trek Discovery justamente por não abordar muitos esses dilemas comuns da franquia, e focar em uma trama que mostra a guerra entre a Federação e os Klingons, que foram totalmente repaginados para essa série. Esse recorte da história deixou o programa mais sombrio do que os outros, mais visceral até.

A primeira temporada terá 15 episódios e será exibida em duas partes. A primeira, contendo oito episódios, foi ao ar de setembro até novembro. A segunda parte, com os sete episódios restantes, será transmitida à partir de 8 de janeiro. A recebe um episódio por semana, assim como Better Call Saul, Designated Survivor e outras séries disponíveis no catálogo brasileiro.

Via
AV Club
Assuntos

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.
Close