PCReviews

Review: Flat Kingdom

Título da Fat Panda Games encanta pelos seus personagens cativantes

O é um game indie de plataforma encontrado no Steam, e exclusivo para e , que traz um universo lúdico e muito bem construído de personagens feitos de papel. Disponível em português, o título da Fat Panda Games encanta pelos seus personagens cativantes e animações cheias de ternura.

Veja também: Hora da Aventura terá jogo em mundo aberto

O argumento concebido pela equipe criativa é muito interessante. Os jogadores devem utilizar as regras do joquempô para vencer cada inimigo. Por isso, Flat, o protagonista, consegue mudar a sua forma geométrica de acordo com o adversário que precisa ser derrotado, sendo que círculo é forte contra quadrado, triângulo vence círculo e quadrado derrota triângulo.

Flat Kingdom

Essa mesma mecânica também é fundamental para superar os puzzles das fases, pois quando o Flat está em forma de quadrado, fica mais pesado e lento, em forma de círculo, pula mais alto e, em quando vira um triângulo, fica mais rápido. Cada mundo do jogo possui um chefão que vai exigir do jogador total domínio destes movimentos, portanto, treino será fundamental para desenvolver suas habilidades.

Na história, o jogador controla Flat, a única pessoa no reino inteiro capaz de recuperar a princesa sequestrada por um misterioso ladrão, que também roubou uma poderosa gema mágica. No começo do jogo, ainda dentro do castelo, o jogador é introduzido às regras do jogo (as que relatei acima) através de um tutorial, como é de se esperar.

As imagens que aparecem durante o tutorial, os quadros nas paredes e as lembranças do protagonista que surgem quando ele passa por cada salão, indicam que ele tem alguma ligação com a família real e é amigo da princesa. Narrativamente, é um acerto em cheio do jogo para introduzir os jogadores neste universo, sem precisar de muitos textos. Entretanto, as trocas de telas são lentas e prejudicam em muito o ritmo do jogo. Felizmente, isso melhora depois e parece até outro game.

Os elementos gráficos são todos construídos como se os mundos e os personagens fossem todos de papel, o que cria uma direção de arte única para o jogo. Entretanto, senti que os cenários não receberam os mesmos cuidados dos personagens, que estão realmente incríveis, com uma animação impecável. Já o castelo, as cavernas e a cidade carecem de textura e formas mais variadas.

Flat Kingdom

A trilha sonora de Flat Kingdom foi composta por Manami Matsumae, responsável pela ambientação musical de jogos como Mega Man, Shovel Knight e Mighty No. 9. Apesar de ter uma trilha que ajuda a compor bem este mundo, as músicas são um pouco repetitivas e a ambientação sonora em geral não ajuda a contar a história.

Flat Kingdom

Gráficos - 6
Jogabilidade - 9
Som - 7
Diversão - 8

7.5

Bom

User Rating: Be the first one !
Assuntos

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.
Close