Superman

Superman terá várias versões após Rebirth

A está realmente obstinada a ampliar a importância e a presença do no universo dos . O evento Rebirth trará muitas mudanças para os personagens da editora neste meio do ano, algumas até na estrutura narrativa. As revistas serão novamente zeradas, mas a cronologia iniciada com os Novos 52 será mantida. Diante disso, várias versões deste icônico herói vão conviver no mesmo mundo.

Veja também: Liga da Justiça e Novos Titãs brigam em animação

Além do Clark Kent dos Novos 52, a DC trará de volta para as suas edições mensais o Superman pós-Crise nas Infinitas Terras, aquele criado por John Byrne e que estava sendo publicado até Flashpoint (saga que precedeu o reboot dos Novos 52). O diretor-criativo Geoff Johns, ao falar de Rebirth, confirmou que o novo Superman esquentadinho ficará na revista mensal de mesmo nome, enquanto o clássico assume a Action Comics. Mas como vemos na imagem acima, a cueca por cima da calça continua não voltará.

Esse Superman clássico segue casado com Lois Lane e tem um filho chamado Jonathan Kent. E uma das primeiras preocupações do personagem será ensinar ao pequeno a como controlar seus poderes. É uma premissa muito corajosa e necessária, que dá um sentido de continuidade muito interessante para um personagem que aprendemos a gostar. Aliás, uma das revistas anunciadas para Rebirth será Super-Sons, que colocará lado a lado Jonathan Kent e o filho do Batman.

“O mundo precisa de um Homem de Aço, mas conseguirá Superman proteger o mundo enquanto cria um superfilho com sua mulher, Lois Lane?”, essa é a premissa da revista especial Superman: Rebirth.

O Clark Kent dos Novos 52 perdeu seus poderes e está moribundo, e continuará assim após o Rebirth. Tudo indica que isso dará cada vez mais espaço para o Superman antigo assumir o lugar o manto e os espaços nas revistas. Porém, quando ele, Lois e seu filho voltam para a cidade, descobrem que Lex Luthor, agora com um “S” no peito, diz pelos quatro cantos que se tornou o novo Superman de Metrópolis. Antes de tirar satisfações, ambos terão que deixar as diferenças de lado para enfrentar o retorno de Apocalipse.

Superwoman será Lois

A editora também anunciou para julho nos Estados Unidos uma revista da Superwoman para a linha Rebirth, e foi confirmado que ela será a Lois Lane. Só não ficou claro se será a Lois dos Novos 52 ou a clássica, a mesma que voltou com Clark Kent para Metrópolis. A revista será escrita por Phil Jimenez, com desenhos do próprio Jimenez e Emanuala Lupacchino.

Superman chinês

Superman chinês?

A DC Comics sempre trabalhou muito bem este conceito de que seus personagens não são apenas super-heróis, mas símbolos, mitos, que podem inspirar outras pessoas e estabelecer legados eternos. E a editora vai elevar isto para um outro patamar com o Rebirth, ao estabelecer um Superman chinês, que claramente tem o objetivo de ampliar o mercado de quadrinhos no oriente. A revista New Super-Man começa a sair em julho nos Estados Unidos e terá o roteiro de Gene Yang, com arte de Viktor Bogdanovic.

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.