Social Comics apresenta suas novidades para 2017


A realizou o painel na 2016 para apresentar diversas novidades que a plataforma terá a partir de dezembro, estendendo-se para 2017. Algumas já foram mostradas em sites como o Omelete, outras foram realmente surpresas para todos os presentes. Novas parcerias, conteúdo original e a chegada do mito Frank Miller foram algumas das novidades anunciadas.

Veja também: Saiba o que fazer nos melhores estandes da CCXP 2016

A grande atração da bateria de anúncios, feitas por Marcelo Bouhid, Diretor de Marketing da empresa, foi a chegada do mestre Frank Miller à plataforma. Revistas como 300 e o primeiro volume de Sin City estarão disponíveis em dezembro. Novas obras do artista, que está presente na CCXP, serão adicionadas em breve.

Social Comics - Marcelo Bouhid

Outra importante informação anunciada foi o novo layout 2.0 da plataforma, que entre outras funções, permitirá que o usuário possa criar a sua própria biblioteca de preferidos para ler quando quiser. Além disso, o serviço terá plano família e um novo sistema de leitura offline. Novos feed e comic list também estão previstos.

Conteúdo original no Social Comics

A partir de abril de 2017, o Social Comics adicionará ao seu catálogo o primeiro conteúdo original, Aether Ring, fruto de uma parceria com o estúdio gaúcho Hype, especializado em animações em novas mídias, que está expandindo para o universo de . A revista tem visual de mangá e uma mundo de fantasia e terror que vive dentro de um anel mágico, que dá nome a série.

Parcerias com novas editoras

Duas novas parcerias com as editoras Nemo e NewPop foram anunciadas, para levar o conteúdo dessas duas editoras para o Social Comics ainda em 2016. Além dessas, a Mythos Editora levará Conan e Hellboy para o serviço em dezembro, mas a nova parceria terá novas edições no decorrer de 2017, como Sombra, Besouro Verde e mais. Já Viacom, também uma nova parceria, terá seu conteúdo adicionar ao longo de 2017, com HQs das Tartarugas Ninjas, Avatar: The Last Airbender e Legend of Korra.

Hellboy

Mais um esforço de cooperação colocará no serviço de streaming as revistas da HQ Mix Editorial, que tem um grande foco em publicar e distribuir material de artistas independentes. Entre as obras anunciadas, uma chamou mais a minha atenção. A Jam Session é uma produção coletiva, sem roteiro, onde um desenhista desenha uma página e outro desenha a seguinte, continuando a história anterior.

“O impresso não briga com o digital”

Marcelo Bouhid soltou essa frase para apresentar duas parcerias bem interessantes, com uma proposta diferente do que o senso comum imagina. A revista Call of Duty: Black Ops III foi lançada simultaneamente em formato encadernado, pela Pixel Media, e digital, no Social Comics. No mesmo molde, a editora Jambô publicará no Brasil o material da Valiant em papel, que ficamos órfãos quando a HQ Maniacs abandonou o projeto, ao mesmo tempo que o digital. O catálogo já conta com 53 edições, que equivale a 12 arcos com os heróis da editora.

Assinatura do Social Comics, atualmente, custa R$ 19,90 por mês. Quem assinar agora poderá aproveitar todo o catálogo do serviço durante 14 dias sem pagar nada.

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.

  • Alexandre

    Não foi a Pixel que perdeu os direitos da Valiant, e sim a editora HQ Maniacs.

    • Isso, exatamente. Na hora me confundi e escrevi errado. E eu ainda tenho a coleção aqui. Obrigado.

    • pedro antonio

      Alexandre será que depois de perder a Valiant, a HQM pode perder os direitos da HQ Os Mortos Vivos (The Walking Dead) ???

  • pedro antonio

    Agora se Deus quiser o lixo da HQM vai perder os direito da HQ Os Mortos Vivos (The Walking Dead)