Review: Valerian e a cidade dos mil planetas


O filme Valerian e a cidade dos mil planetas atrai a audiência pelo se visual estupendo, mas não consegue manter a atenção por causa de uma narrativa enfadonha e cheia de falhas. Os protagonistas são rasos e suas motivações não são bem trabalhadas. De fato, Luc Besson não vem acertando em seus últimos filmes.

Veja também: Netflix vai transmitir “O Nevoeiro” no Brasil

Algumas resenhas de críticos dos Estados Unidos, onde o longa estreou antes, diziam que Valerian tinha muito do DNA de O Quinto Elemento, outro filme dirigido por Besson, e é verdade. Ambos possuem esse design espalhafatoso, tanto na criação dos alienígenas, quanto nas roupas e uniformas militares. Claro, muito desses conceitos também se encontram na HQ francesa original, mas o longa exagera pelo humor bizarro.

Valerian e a cidade dos mil planetas

Valerian e a cidade dos mil planetas tem uma interessante introdução do universo e uma boa apresentação dos protagonistas, Valerian (Dane DeHaan) e Laureline (Cara Delevingne). A última parte até dá um encerramento digno ao filme. O grande problema é o miolo.

Todo o meio do filme os dois personagens principais estão enrolados tentando salvar um ao outro e em nenhum momento se envolvem na busca por respostas do problema criado pelo antagonista. No final, a solução cai no colo de ambos, que ficam com todo o crédito. Boa parte do filme é preenchida com sequências de ação bobas e piadas ainda piores.

Valerian e a cidade dos mil planetas

Outro ponto que me tirou do filme foi a falta de ligação emocional entre os protagonistas, os heróis da história, e os outros personagens da trama. Ambos parecem mais preocupados um com os outros do que com as consequências de seus atos e as pessoas ao redor. Em um momento do filme, logo no começo, um grupo inteiro morre para salvar a pele deles em nenhum momento eles sentem o peso disso. Se essa é a verdadeira natureza deles, isso não fica bem definido.

Apesar do visual deslumbrante, o filme não consegue se sustentar, pois o roteiro confuso e cheio de erros estraga toda a experiência. Valerian e a cidade dos mil planetas estreia no Brasil no dia 10 de agosto e também traz no elenco nomes importantes do e da cultura pop como Clive Owen (Comandante Arun Filitt), Rihanna (Bubble) e Ethan Hawke (Jolly the Pimp).

5
Assuntos Cinema

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.