PCPS4ReviewsXbox One

Review: This War of Mine: The Little Ones

O game apresenta para os jogadores todos os horrores de uma guerra, mas não do ponto de vista dos soldados, como estamos acostumados, mas sim das maiores vítimas, as pessoas comuns que moram nas cidades sitiadas. O jogo desenvolvido pelo estúdio indie 11 bit Studios tem um ar depressivo, uma atmosfera de tensão que te deixa arrasado. E isso é um ponto positivo.

Veja também: 7 jogos antigos que merecem reboot

This War of Mine: The Little Ones é um game de gerenciamento de recursos e sobrevivência lançado em agosto de 2014 para , e e, em julho de 2015, para iOS e Android. Apesar de ser um jogo de quase três anos, tive a oportunidade jogá-lo agora, quando tomei conhecimento dele através da PS Plus de janeiro de 2017, na mesma data que foi lançado para o PS4. Além disso, senti a necessidade de escrever sobre este review pela importância que o game representa e tentar incentivar outras pessoas a irem atrás.

This War of Mine

Toda vez que você inicia uma nova partida, o game te coloca em um cenário diferente, que pode ser uma fábrica abandonada, um hotel destruído ou um condomínio de apartamentos cujos os donos originais já foram todos mortos. Em cada um desses locais, existem ferramentas, suprimentos, remédios e poucos alimentos para começar a sua jornada. Portanto é preciso sair sempre para buscar mais, ou os habitantes não vão sobreviver. E é aí que o jogo fica difícil de verdade.

This War of Mine

De acordo com a estrutura narrativa, o gameplay direciona o jogador para usar a noite e a madrugada para buscar provisões em outros pontos do mapa, e a parte da manhã e tarde para descansar os sobreviventes, alimentá-los e construir equipamentos. Você pode ter de um a cinco membros no seu grupo, sendo que três é o número mínimo (e talvez ideal) para você conseguir dividir as tarefas e jogar sem passar muito sufoco. Por outro lado, quanto mais pessoas além desse número, menos comida e remédio sobrarão no estoque e a chance de um deles morrer de fome ou doente é muito maior.

This War of Mine

Além de se preocupar em achar comida, remédios e outros tipos de provisões em sua busca noturna, você deve se preocupar em deixar de uma a duas pessoas de plantão para proteger o abrigo de possíveis ladrões. Porém, se por um lado esse “sentinela” pode evitar que seus suprimentos sejam roubados, ele pode se ferir gravemente e dar um trabalho extra para o grupo. Percebe o que estou tentando dizer? Você precisará microgerenciar cada situação do jogo.

This War of Mine

Apesar de ser um game com apelo emocional muito grande, para vencê-lo, todas as suas decisões precisam ser escolhidas com muita lógica. Quais pessoas deverão ser alimentadas primeiro quando a comida está escassa? Qual pessoa receberá o único analgésico do abrigo? Essas e outras decisões de vida ou morte vão definir se você vai continuar jogando ou não. Lembre-se, todas as melhores decisões devem ser tomadas em prol do grupo, pois se todos os personagens morrerem, você perde e terá que começar do zero.

Para criar uma aproximação dos jogadores com os personagens, This War of Mine traz um background de cada um desses sobreviventes, suas profissões antes da guerra, suas origens e quais entes queridos perdeu no conflito. Além disso, você consegue acompanhar o sentimento deles a cada evento que o grupo passa, o que estão pensando a respeito, e como reagiram emocionalmente, pois além de alimentar e cuidar da saúde dessas pessoas, será responsável também por suas saúdes mentais.

Este jogo traz uma trilha sonora sutil e depressiva, que junto com os gráficos em forma de pintura, ajudam a compor o clima denso que este tipo de jogo exige. Repare nas imagens deste artigo, apesar de as pessoas serem coloridas, tudo a sua volta tem tons carregados de preto e branco. Os cenários são ricamente construídos, desenhados com muitos detalhes que contam a história desse conflito.

O único ponto irritante no jogo, pelo menos na versão do PS4 (onde o review foi feito), são seus controles. Selecionar as opções básicas é uma tarefa árdua e confusa. Participar de confrontos armados, então, é quase impossível. Invariavelmente você vai morrer, não por sua inabilidade, mas porque os comandos não são posicionados de forma orgânica. Pensando nisso, recomendo que você jogue a versão da Steam Store (PC), que além de tudo, é mais barata.

Se você é um ser humano de bom coração, e seguir o gameplay como deve, as chances são grandes de This War of Mine te emocionar e fazer repensar os seus conceitos sobre uma guerra. Só quem vive os horrores destas aberrações da sociedade consegue entender que não se trata daquele romantismo que muitas vezes é apresentado em filmes de Hollywood e em jogos de tiro. Essa é a principal proposta do game.

Assuntos

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.

Close