Blizzard - Overwatch

Review: Overwatch

A não costuma errar. Até Diablo III que foi muito contestado, possui uma legião de fãs e sempre é bem elogiado pela crítica. é um game que fez a empresa sair da sua zona de conforto e criar uma nova propriedade intelectual, depois de 17 anos. Em pouco tempo, ele já é cantado em verso e prosa, fonte inesgotável de memes, tornou-se rapidamente um fenômeno cultural.

Veja também:

Para resumir bem, parte do sucesso do jogo se explica por sua altíssima qualidade técnica e simplicidade de gameplay. Mas o game não é só isso. Personagens, dublagem fantástica e foco no trabalho em equipe são algumas das características mais marcantes. O FPS foi lançado para Xbox One, PlayStation 4 e PC em 24 de maio e logo virou uma febre.

Como todo jogo da Blizzard, eles não estão preocupados com gráficos de última geração. E os jogadores nem se importam com isso. Personagens são ricos, possuem essência e os mapas são desafiadores, mesmos que com aspecto cartunesco. Quem se importa? A proposta final é a diversão, seja qual for o seu nível de jogador.

Overwatch

O game começa com 21 personagens, todos desbloqueados para você escolher à vontade. Cada um possui um gameplay totalmente particular, e isso exige que o jogador aprenda a jogar com cada um deles. Se tornar mestre em todos, é tarefa para poucos.

Overwatch é um game cujo o uso de headphones se torna necessário. Como o jogo é frenético e exige um pensamento muito rápido dos jogadores, escutar os passos dos inimigos é fundamental. Saber também quando o golpe decisivo está sendo acionado próximo a você, também é fundamental para sobrevivência. E o áudio é muito bem construído para tornar tudo isso possível.

Aliás, falar da dublagem brasileira precisa de um tópico a parte. As vozes foram gravadas por profissionais de alta qualidade, e é perceptível que eles se entregaram para fazer um ótimo trabalho. Cada personagem tem sua característica e sotaque próprio. E o Lúcio é o melhor deles.

Overwatch - Lúcio

Os jogadores podem acionar as falas dos heróis manualmente, mas existem uma série de frases automáticas que complementam muito o gameplay. Mais uma vez, é preciso ficar 100% atento ao som do jogo, para saber, por exemplo, quando uma estacão de cura foi acionada pelo Soldado 76. Ou quando um companheiro está tomando a bandeira, o personagem pede auxílio automaticamente. Excelente sacada da Blizzard para dar dinamismo ao jogo e tornar o trabalho em grupo importante para o sucesso.

Quando eu jogo PvP em games de tiro, por mais que todos tenham características que valorizam o trabalho em equipe, sempre a sensação que fica é de que está cada um por si na partida. E os jogadores considerados “mitos” acabam desequilibrando à favor do seu time. Em Overwatch, o trabalho em equipe é realmente necessário, uma vez que existem quatro classes de personagens que se complementam: atirador, construtor, suporte e tanque. Uma equipe bem balanceada sempre terá mais chance de sucesso. E isso é um ponto muito positivo.

O esquema de recompensas é bem interessante. Cada vez que o jogador sobe de nível, ganha uma caixa com quatro itens de raridades diferentes. Esses itens podem ser novas vozes, skins dos personagens e sprays, tudo para o jogador personalizar os seus campeões como quiser. Isso, sem dúvida, ajuda o jogo a ser mais viciante do que já é.

Até agora fui só elogios, mas gostaria de destacar algumas coisas que me incomodam bastante no jogo. Primeiro, o tempo de suspensão por inatividade é muito curto. As vezes você precisa parar de jogar por alguns segundos para apenas atender uma ligação rápida, ou atender alguém que tocou a campainha e, quando volta, já foi desconectado pelo jogo.

Mapas são mal aproveitados

Uma característica que vi poucos comentando. Os mapas são grandes e bonitos, mas mal explorados. Apesar de cada um deles ter vários cantos, passagens, altos e baixos, as contendas sempre são resolvidas em um único e pequeno ponto. Não importa o estilo da partida. Todo o imenso espaço que sobra serve apenas para você caminhar longamente do respawn até a briga, de novo e de novo. Bom, se serve de alguma coisa, faz você ser mais cauteloso e morrer menos.

Gráficos8.8
Som10
Jogabilidade10
Diversão10
Overwatch é mais um grande acerto da Blizzard, aquele gol de placa do craque do seu time. Use a simbologia que quiser, mas de fato, trata-se de um game muito divertido, dinâmico e fácil de jogar. Apesar disso, ainda consegue ser muito desafiador.
9.7

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.