LEGO Star Wars: O Despertar da Força

Review: LEGO Star Wars: O Despertar da Força

Os jogos como : O Despertar da Força tem o poder de criar um enorme fascínio entre as crianças e divertir os adultos, que querem apenas relaxar daqueles momentos de estresse dos jogos de tiro. Sei que parece clichê, mas se parar para pensar, é um excelente custo-benefício para tempos de crise. Um game que agrade a família inteira pode fazer você economizar uma graninha. Confira o review completo:

Veja também:

O jogo LEGO Star Wars: O Despertar da Força foi desenvolvido pela TT Games e publicado pela Warner Bros. Interactive Entertainment em junho de 2016 para PC, Mac, PlayStation 4, PS3, Xbox One, Xbox 360, Nintendo Wii U, PS Vita e Nintendo 3DS. O review foi feito em uma cópia digital da versão de Xbox One cedida pela Warner Games do Brasil.

Antes de continuar, preciso dizer que este é o primeiro jogo da série LEGO que jogo de verdade. Portanto, me perdoe se eu expressar sentimentos exagerados sobre algo que não é novidade. Para mim tudo é novo, e foi uma experiência muito divertida, que fique claro.

O game tem um sistema de montagem automático que deixa o gameplay mais dinâmico. Por outro lado, empobrece a experiência. Quando você tem um puzzle para resolver, basta escolher a direção correta e apertar um botão que o boneco faz tudo sozinho.

LEGO Star Wars: The Force Awakens

Seria interessante se tivesse um mínimo de interação entre o jogador e as peças de LEGO. Em outras palavras, o game quer passar a sensação de estar vivendo aquelas aventuras das animações, e não a experiência de montar o brinquedo físico. E isso se traduz também na enorme qualidade dos gráficos, que faz parecer que estamos realmente jogando com um desenho. Tudo é muito bem polido.

Os puzzles até que são divertidos, inteligentes e podem estimular o raciocínio lógico em crianças menores. Mas em alguns aspectos, irrita quando o desafio maior não é o próprio quebra-cabeça, mas sim tentar achar uma solução nos comandos muitas vezes confusos. Perdi muitos minutos para solucionar um problema simplesmente porque não conseguia achar uma indicação visual do objetivo.

LEGO Star Wars: O Despertar da Força

Desta forma, o melhor de LEGO Star Wars: O Despertar da Força é a ação e os momentos de aventura. Quando você está no comando dos personagens para explorar os cenários, pular, correr, lutar e atirar é extremamente fluido e agradável. O game ganharia uma nota maior se tivesse mais destes instantes.

A história do jogo começa no final do equivalente ao filme Star Wars: Episódio VI – O Retorno de Jedi, para fazer os jogadores aprenderem a mecânica antes de apresentar os personagens principais, Finn, Poe Dameron, Rey e Kylo Ren. Que aliás, são introduzidos um a um, seguindo exatamente a sequência de cenas do Star Wars: O Despertar da Força.

LEGO Star Wars: O Despertar da Força - Finn

Voltando para esses minutos iniciais, temos a oportunidade de participar da Batalha de Endor ao lado dos Ewoks, participamos da luta de Darth Vader e Luke contra o Imperador e pilotamos rapidamente a Millenium Falcon. Pronto, estamos conectados com o espírito de Star Wars, agora podemos dar o próximo passo.

O game agrada da mesma forma que as animações da franquia, com aquele humor inocente, mas ao mesmo tempo inteligente. É preciso ressaltar também a qualidade da dublagem, realmente sensacional. A trilha sonora é a mesma dos filmes originais, o que dá uma imersão absurda no universo Star Wars, mesmo que vocês esteja controlando brinquedos.

Gráficos9.5
Som9.5
Jogabilidade7.7
Diversão9
Quem já está acostumado com os games da série LEGO sabe que este título é obrigatório. Mas agora, estou falando com quem nunca jogou. Neste caso, pode comprar LEGO Star Wars: O Despertar da Força sem medo que é diversão garantida.
8.9
Assuntos LEGOStar Wars

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.