Review: Forza Horizon

Com o lançamento do , a série Forza Motorsport ganhou um rumo inesperado. Os jogos da franquia sempre foram voltados para corridas em circuitos, assim como o grande concorrente Gran Turismo, da Sony. Porém, Forza Horizon cresceu a série e levou a um outro patamar.

Veja também: Como tunar os carros no Forza Horizon

Este exclusivo para o Xbox 360 consegue, com maestria, representar a atmosfera de um evento de corridas amadoras. O jogador se sente transportado para aquele universo, e eles fazem isso utilizando personagens carismáticos, que vão acompanhar o protagonista na sua jornada, transmissões das rádios, mapa com mundo aberto, além de diversos tipos de corrida, festas com DJ e cartazes do evento espalhados pelo cenário. Tudo isso integrado e coeso, funcionando organicamente.

Forza Horizon

Gráficos espetaculares

Sem dúvida, é um dos jogos de corrida com gráficos mais bem acabados e detalhados. E o mérito é maior quando lembramos que trata-se de um cenário em “mundo aberto”. Você percebe como todos os detalhes são bem cuidado, tanto na paisagem, quanto nos carros.

Uma coisa que essa geração de videogames não conseguiu resolver, e que vai ficar para a próxima, é renderizar com qualidade aceitável o público espectador. São sempre aqueles bonecos de papel bem safado, tudo para não ficar pesado para o console e focar no que realmente é importante: os carros. Porém, em um jogo com uma atmosfera tão competente e tão preocupado com a qualidade, esse tipo de coisa tira um pouco da imersão.

O design do jogo é tão bem feito, que o sol incomoda um pouco os olhos quando você está pilotando em direção a ele. Assim como pilotar de noite traz os problemas e dificuldade de visão deste horário. É comum, enquanto você não se acostuma com a pista, entrar por um caminho errado por exemplo.

Forza Horizon

Excelente ambientação musical

Todo o som ambiente recebeu um trabalho fantástico, para reforçar a atmosfera que eu citei lá no começo. Cada carro tem um barulho de motor característico.

As rádios que existem no jogo realizam um trabalho perfeito de ambientação. Além de tocar as músicas que fazem parte do jogo, as rádios sintonizadas nos carros têm locutores que contam curiosidades do evento, estimula o jogador a encontrar os carros dos celeiros e a participar de rachas, tudo de forma bem natural e contextualizada. E tudo isso em português, ponto para a Brasil.

Jogabilidade arcade na medida certa

Em prol da diversão, os desenvolvedores de Forza Horizon tiraram um pouco do realismo da direção e deixou o jogo um pouco mais arcade. O modo de pilotar não difere dos outros jogos do gênero, basta usar o gatilho direito para acelerar e o esquerdo para frear. Fora isso, não há muito o que dizer sobre o jogo. Ele cumpre bem o seu papel neste quesito.

Um dos maiores charmes de Forza Horizon está no multiplayer online. Existem vários modos de jogo, mas o mais divertido, sem dúvida, é o “Social Racing”. Neste, tipo, você acessa uma sala aleatória, onde a categoria do carro é escolhida em votação pelos participantes, e o tipo de corrida e pista é definido aleatoriamente pelo sistema. Depois, basta escolher o seu carro.

O sistema multiplayer de Forza Horizon é um dos mais equilibrados que existem. É possível perder e ganhar na mesma quantidade, pois no final, tudo depende somente da sua habilidade mesmo.

O ponto negativo fica por conta dos bugs que mostram carros voando, ou entrando no asfalto em algumas ocasiões. Ou ainda, um carro que rodou e estava fora da pista, e quando você piscar, ele já está bem na sua frente. Essas coisas podem tirar o jogador completamente da imersão.

Outro ponto interessante do multiplayer de Forza Horizon, é a possibilidade de criar um “clube de carros” com os seus amigos. Deste modo, todos podem (e devem, não seja malandro), compartilhar seus melhores carros para que cada membro posso correr em bom nível.

Gráficos10
Som9.2
Jogabilidade8.7
Diversão10
Um single player com uma imersão absurda, e um multiplayer divertidíssimo fazem de Forza Horizon um jogo completo. É preciso ressaltar também a qualidade da dublagem brasileira de Forza Horizon, uma das melhores já feita para o videogame. Finalmente estamos atingindo um nível "decente" neste quesito. Vale cada centavo, pois serão muitas horas de diversão garantida.
9.5

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.