Paladins vs Overwatch

Paladins vs Overwatch: qual o melhor shooter?

e travam uma batalha nos corações dos fãs e nos fóruns e grupos de Facebook. Mas afinal, qual o melhor FPS da atualidade? Quais as principais diferenças entre eles? De um lado, um game estudado, pesquisado e produzido por anos pela poderosa , de outro, a pequena Hi-Rez Studios apostando em um mercado com muitas opções disponíveis.

Veja também:

Se você nunca ouviu falar deste jogo, Paladins (chamado maldosamente de “overwatch de pobre”) é um shooter multiplayer similar Team Fortress 2. Em jogos deste gênero, os personagens possuem características diferentes, que podem se complementar em um trabalho de equipe fundamental para a vitória. Todos os heróis são personalizáveis através de uma coleção de cartas. Atualmente, ele é o décimo jogo com maior número de jogadores no Steam (isso varia muito).

Overwatch é um game que fez a Blizzard sair da sua zona de conforto e criar uma nova propriedade intelectual, depois de 17 anos. Em pouco tempo, ele já é cantado em verso e prosa, fonte inesgotável de memes, tornou-se rapidamente um fenômeno cultural. Para resumir bem, parte do sucesso do jogo se explica por sua altíssima qualidade técnica e simplicidade de gameplay. Personagens, dublagem fantástica e foco no trabalho em equipe são algumas das características mais marcantes.

Overwatch

Preço

A principal diferença entre os dois jogos, e que também deve explicar o repentino sucesso de Paladins em tão pouco tempo após o lançamento, é que o game da Hi-Rez Studios é free-to-play. Aquele tipo que você pode baixar e jogar de graça sempre que quiser, e só pagar por campeões, skins e outros itens, apenas se quiser, na loja interna do game. Já Overwatch tem o preço cheio de R$ 249,99 nas versões , PS4 e XOne.

Plataformas disponíveis

Enquanto Overwatch já está disponível para Windows, PS4 e Xbox One desde o dia do seu lançamento, até o momento, o Paladins só pode ser jogado no PC. Na página oficial do shooter, existe um cadastro para quem quiser participar da fase Beta de ambos os consoles de mesa. Porém, ainda não há uma data específica para ficar disponível.

Personagens

Paladins possui 18 campeões disponíveis. Já Overwatch foi lançado com 21 e ganhou o seu primeiro personagem extra em julho, com a entrada da sniper Ana Amari. Os personagens de Paladins possuem poderes, armas, habilidades e até aparência muito similar aos do FPS da Blizzard. Por conta disso, muitos jogadores chamam de cópia. Porém, isso não é verdade.

Devido ao forte marketing da Blizzard, poucas pessoas perceberam que alguns personagens já estavam disponíveis no Beta de Paladins antes de Overwatch ser lançado, como explicou a Hi-Rez Studios em nota oficial. Clique no link e leia o texto na íntegra para entender melhor.

Paladins

Requisitos de sistema

Entre essas duas opções, o Paladins é o menos exigente quanto ao hardware mínimo exigido e, assim, pode rodar em computadores mais modestos. Enquanto o jogo da Hi-Rez Studios exige apenas 2 GB de RAM para funcionar em configurações mínimas, o Overwatch pede 4 GB. Por outro lado, Paladins exige 10 GB de espaço de armazenamento, contra apenas 5 GB de seu concorrente.

Volume de busca no Google

Se levarmos em consideração o volume de busca no Google nos últimos 30 dias, podemos perceber que houve um interesse maior por Paladins, na média, como é possível ver no gráfico em barra do lado esquerdo. Claro, isso não quer dizer que um jogo é maior que o outro, nem mesmo que tem mais jogadores. Apenas mostra que, no momento, Paladins está despertando mais interesse nas pessoas do que Overwatch.

Paladins vs Overwatch

Atuação em eSports

Ambos os jogos já possuem torneios de eSport sendo organizados no Brasil e no mundo, com times profissionais e dedicados. No último dia 29, por exemplo, o time Black Dragons foi campeão do Brazil Paladins League e se classificou Invitational Tournament em janeiro de 2017, na cidade de Atlanta, nos Estados Unidos, onde terá a participação de outras equipes do mundo. No mesmo fim de semana, rolou a Copa do Mundo de Overwatch, com derrota do Brasil na estreia para a Suécia.

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.