Dragon Ball FighterZ: tudo sobre o jogo


O foi apresentado pela primeira na conferência da Microsoft na E3 2017, e logo chamou a atenção de todos os fãs, por causa de seu visual fiel ao anime e lutas frenéticas, com muita ação e combos. O jogo de luta terá combates 3vs3 e será lançado para PlayStation 4, Xbox One e PC, mas ainda não tem uma data.

Veja também: 10 melhores jogos apresentados na E3 2017

O título está sendo desenvolvido pela , estúdio responsável por franquias de luta de muito respeito, como Guilty Gear e BlazBlue. Portanto, podemos esperar um produto de qualidade. Além do trailer de apresentação mostrado na E3, a Bandai-Namco, empresa que vai publicar e distribuir o jogo mundialmente, revelou um vídeo com gameplay.

No vídeo, podemos ver como a câmera muda de ângulo para criar a sensação de que estamos dentro do anime. A imersão é facilitada pela qualidade gráfica, que apresenta um visual bem polido, como se fosse realmente um desenho animado. Claro, para aferir a qualidade final, somente testando o jogo completo quando for lançado. Mas o que foi apresentado até agora, parece muito promissor.

Dragon Ball FighterZ

Dragon Ball FighterZ Ainda não teve todos os personagens apresentados, mas sabemos que Majin Buu, Frieza, Perfect Cell, Goku, Young Gohan, Vegeta e Trunks estão confirmados, e que novos serão divulgados com o tempo. Na hora de começar uma luta, você escolherá três destes lutadores para montar o seu time. A mecânica de troca entre eles durante as lutas funcionará semelhante à série Marvel vs Capcom, ou seja, você vai apertar um botão para trocar de personagem como forma de preservar a vida do primeiro, caso esteja apanhando, ou para emendar algum combo.

Outro aspecto que precisa ser ressaltado é que, este título abandona a jogabilidade 3D dos games anteriores da franquia e abraça totalmente o 2D, como a maioria dos jogos do gênero. Todos estes aspectos fazem eu acreditar que pode ser um bom jogo. Sempre que a Bandai-Namco divulgar novidades sobre Dragon Ball FighterZ você verá aqui no Videogame Mais. Fique ligado.

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.