NotíciasPS4Xbox One

Destiny: o que vem na Ascensão do Ferro?

Em junho, a Bungie revelou que Rise of Iron (Ascensão do Ferro) será a nova expansão de . De lá para cá, muitas informações foram divulgadas, diretamente pela própria empresa, ou através da Game Informer, que vem soltando muitas notícias e vídeos sobre a DLC. Compilei aqui tudo que já foi divulgado até agora para você decidir melhor se vale a pena comprar, ou não.

Veja também: Hitman: episódio 4 está disponível

Essa expansão será focada em nos apresentar, finalmente, os Senhores de Ferro. Aquele grupo de Guardiões míticos cujo o integrante mais conhecido, e único sobrevivente, é o Lorde Saladino, o mestre da Bandeira de Ferro. Vamos conhecer o Hall desses Guardiões, que será uma nova área social do jogo, um pouco mais de suas histórias e a sua luta para proteger a Cidade do avanço da tecnologia Civa, que na Ascensão do Ferro será descoberta pelos Decaídos.

A Civa é uma tecnologia biomecânica que se funde a um hospedeiro concedendo-lhe novos poderes. Isso aconteceu com os Decaídos, que voltaram mais poderosos, para dar mais trabalho aos jogadores. Essa expansão também aumentará o nível máximo de Luz, que agora será de 400.

Destiny: Rise of Iron

O Cosmódromo e novas áreas

A maior modificação visível no jogo acontecerá no Cosmódromo, na velha Rússia. Nesta área do jogo, o inverno atuará com mais intensidade, e isso significa muito mais neve e geadas fortíssimas por toda a parte. Além disso, o ataque brutal dos Decaídos modificados com partes biomecânicas abriu diversos rombos nos muros do local. Esses buracos podem ser maiores ou menores, mas todos levam à novas áreas do mapa, que podem ser exploradas pelos jogadores.

Fora dos limites do Cosmódromo, os jogadores terão acesso a uma nova área para explorar, chamada “Terras Pestíferas”. Um lugar extremamente hostil e dominada pela já citada tecnologia Civa. Este lugar terá patrulha, baús e inimigos como qualquer outra área do jogo. Além disso, como já escrevi acima, os jogadores também acessarão uma nova área social com a temática dos Senhores de Ferro. Mas para isso, terão que fazer uma série de missões para liberar a localidade.

Novos equipamentos na Ascensão do Ferro

Como já é costume sempre que há uma nova grande expansão do jogo, Destiny também receberá novas armas e peças de armadura nos vendedores da Vanguarda, Crisol, nas três principais facções da Torre, Bandeira de Ferro e Osíris. Também será possível ornamentar as armas e armaduras com cores e brilhos diferentes. No vídeo divulgado, podemos ver a Monte Carlo dourada e também com uma combinação preto e vermelho (no final do artigo).

Destiny: Ascensão do Ferro

Armas exóticas

Uma das novas armas exóticas anunciadas pela será a Khvostov 7G-0X, que possui a mesma aparência e nome daquela primeira arma que nós pegamos no início do jogo. Esta arma está de volta para trazer uma sensação de nostalgia, para nos lembrar o começo de nossa aventura no jogo. Para conquistar este fuzil automático, será preciso encontrar uma peça de arma específica em baús das Terras Pestíferas ou na Forja do Arconte. Depois, aparecerá uma jornada que, quando completa, dará a Khvostov.

Destiny - Khvostov 7G-0X

Também será possível desmontar a arma original para conseguir a tal peça. Segundo o texto no site da Bungie, essa será uma “recompensa” por quem guardou-a por dois anos. Com isso, fica a dúvida se esta mecânica vai funcionar também com os novos jogadores, ou mesmo para quem acabou de criar um Guardião. O mais interessante da Khvostov é que ela terá três ajustes de tiros, com cadências diferentes.

Creio que a notícia que mais está deixando a comunidade empolgada é a volta de outras armas exóticas do ano 1, e isso inclui a querida Gjallarhorn e a polêmica Espinho. Ambas também terão jornadas especiais para consegui-las dentro do game. Porém, quem adquirir a expansão na pré-venda, terá direito a Iron Gjallarhorn, que tem um visual mais escuro. Aliás, falando em pré-venda, ela também dará direito a Gjallarwing, o Pardal com o design do lança-foguetes famoso.

Nova Incursão (Raid)

A nova Raid que virá com Destiny: A Ascensão do Ferro se chamará “A Ira das Máquinas”, ou algo assim, e terá a maior área aberta disponível em uma Incursão. Lembrando que todas as três anteriores se passam em cavernas e locais fechados e bem escuros. Neste caso, os Guardiões terão que enfrentar um enorme chefe em forma de máquina no alto da muralha, como pode ser visto em cenas que estão sendo amplamente divulgadas desde que a DLC foi anunciada.

Essa Incursão estará disponível, em seu modo normal, no dia 23 de setembro, três dias após o lançamento da expansão. Já o modo difícil, será liberado semanas depois. Neste segundo caso, os jogadores terão acesso a itens com 385 a 400 de luz. Outro tópico divulgado pela Bungie é que a Raid será uma extensão da história.

Destiny - nova raid

Novo assalto e antigos remodelados

O novo Assalto pode ser chamar “O Olho Miserável” (se seguirem esta tradução). Na história, os Guardiões deverão impedir que os Decaídos com Civa infectem também a Colméia, o que seria um problema muito maior. De acordo com a Bungie, este será um Assalto um pouco mais extenso do que os anteriores.

Além disso, dois outros assaltos serão reformulados para o ano 3, aquele do Sepiks Prime, o primeiro de todos, e o do Phogoth. Pelas imagens divulgadas, conseguimos ver que o Sepiks também foi infectado com Civa. Ainda sobre os Assaltos, a Bungie divulgou que essas atividades terão uma nova mecânica. Enquanto estão enfrentando os inimigos, os jogadores poderão ter a chance de receber uma Skeleton Key, uma chave que abrirá um baú no final do Assalto, para entregar um item exclusivo.

As chances devem ser as mesmas de receber uma armas exclusivas dos assaltos atuais. Apenas a mecânica será diferente Ao invés do equipamento dropar ao derrotar o chefão final, ele virá dentro do tal baú.

Novas missões de campanha

Destiny: A Ascensão do Ferro trará também cinco novas missões do modo campanha, que vai desenvolver essa história relacionada aos Senhores de Ferro e sua luta contra a Civa. Acho muito pouco para uma expansão deste tamanho, mas é preciso lembrar que o jogo ainda terá outras missões especiais para conseguir as armas exóticas Khvostov 7G-0X, Gjallarhorn e Espinho. Além de outras atividades.

A Forja do Arconte

Esta será uma nova atividade em formato Arena, parecida com a “Prisão dos Anciões”, mas ela será acessada através da patrulha das Terras Pestíferas, assim como fazemos para chegar à Corte do Oryx no Encouraçado. O jogador só terá acesso à essa área depois que finalizar o novo modo campanha. As batalhas serão curtas e o principal objetivo é matar tudo que vê pela frente.

Nesta Arena, a Bungie também vai implementar uma nova mecânica. Quando um jogador do time morre, ele vai para uma prisão feita com barras de lasers. Os jogadores que ainda estão na ação, devem cumprir alguma etapa para que o amigo possa voltar. Além disso, durante a atividade, também podem dropar chaves parecidas com aquela do Assalto, que escrevi acima. Não dá para saber até agora se essa chave só poderá ser usada na própria Forja, ou também nos baús dos Assaltos.

Novo mapa e novo modo no Crisol

Como é de se esperar, a Ascensão do Ferro também terá um novo modo para o PvP, desta vez com o nome de “Supremacia”, e três novos mapas. Nesta modalidade, cada equipe tem um engrama com sua cor, que qualquer Guardião derruba quando é abatido. Neste caso, você só marcará pontos, para você e sua equipe, se pegar esse engrama no chão. Bem simples, e parece muito dinâmico.

Entretanto, o que mais deixou a comunidade feliz foi a confirmação de que o jogo receberá partidas privadas. Essa função estará disponível para todo mundo no ano 3 de Destiny, mesmo para quem não comprar a expansão. Na partida privada, será possível escolher o mapa, se está de dia ou de noite, condições climáticas, o nível de luz, entre outras modificações. Mas atenção, não haverá drop de itens lendários ou exóticos.

Novos artefatos

O jogo também ganhará uma nova coleção de artefatos, que dará ao personagens habilidades especiais. Uma delas, permitirá controlar a mente de um inimigo, por pouco tempo, para que ele atire nos seus iguais. O vídeo abaixo em formato documentário, com pouco mais de 8 minutos, mostra muito do que eu escrevi aqui:

O Destiny: A Ascensão do Ferro será lançado para PlayStation 4 e Xbox One em 20 de setembro. Vale lembrar que o PlayStation 3 e o Xbox 360 ficarão de fora. E assistindo como o clima ficará, com a intensificação do inverno, até dá para entender essa atitude.

Assuntos

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.

Close