Ataribox terá processador AMD e Linux


Ainda é um mistério qual será o catálogo de jogos do Ataribox, mas aos poucos vamos conhecendo as suas caracaterísticas de hardware. Em comunicado enviado à imprensa, a informou nesta terça-feira (26) que o novo console terá processador e sistema operacional .

Veja também: Acer anuncia notebook gamer híbrido

A fabricante também aproveitou para divulgar mais imagens do protótipo, que é influenciado pelo design do Atari 2600. O videogame terá uma interface personalizável que, segundo eles, será fácil de usar. O processador da AMD terá tecnologia Radeon Graphics e isso significa que o Ataribox será uma “experiência completa de PC para TV”.

Ataribox

Quantos aos jogos, a Atari revelou que o console terá vários títulos clássicos da empresa pré-carregados e outros de terceiros, e que ela vai falar melhor sobre isso em breve. O texto também deixa claro que será possível instalar jogos comprados em outras lojas, que o Ataribox não terá um sistema fechado, desde que seja compatível com o sistema operacional, é claro.

Ataribox

Para finalizar, a Atari confirmou que o projeto será colocado no site de financiamento coletivo Indiegogo em breve, e que o Ataribox deverá custar entre US$ 249 a US$ 299 quando estiver pronto para o consumidor final. A vontade da empresa é lançá-lo em 2018, em uma data a ser anunciada. Além disso, respondedo às perguntas dos fãs, a Atari disse que a versão de madeira terá madeira de verdade.

Assuntos AMDAtariLinux

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.