Review: Gran Turismo 5

é a série de simulação de corridas mais tradicional de todos os tempos, e o mais querido entre os gamers amantes de velocidade. O GT5 é aguardado ansiosamente por essas pessoas por longos 5 anos, e a não decepcionou, criando mais um jogo grandioso, que merece o respeito de todos. Confira essa análise de Gran Turismo 5.

Leia também: Como baixar gratuitamente o Nissan GT-R GT500 Stealth Model no GT5

Assim como nos jogos anteriores, você pode customizar o seu carro, trocar o material da carroceria para diminuir o peso, mexer na suspensão, substituir os pneus de acordo com o terreno, melhorar o motor, acrescentar turbo, entre outras modificações, que podem alterar completamente o comportamento do carro, e cada um vai reagir de uma maneira diferente.

Gráficos

Preparado para a tecnologia Full HD e 3D, Gran Turismo 5 está com os gráficos caprichados, mantendo a qualidade que já se tornou comum na série. Se nas versões anteriores existia uma grande diferença entre a CG de apresentação e o gameplay, desta vez essa diferença é quase nula.

O mesmo realismo nos gráficos passa também para os mais de 1 mil carros, que são fielmente reproduzidos, simulando a física e a resposta a dirigibilidade. A incluiu alguns circuito fictícios famosos da série, que foram revitalizados para o PS3, além de outros circuitos reais. Esse é o típico jogo que “pede” uma televisão de no mínimo 42 polegadas, Full HD.

Todo o realismo característico da série ficar por aí, pois os carros continuam sem sofrer danos ao se colidirem. Em resumo, após um belo “encontrão”, a recuperação do carro é muito rápida para fincar pés na realidade.

Como já escrevi anteriormente, são mais de mil carros disponíveis, e nesta versão do jogo temos várias novidades como carros militares, Kombi e até kart. Na visão do jogo, é possível comandar o carro olhando de dentro, na frente e por trás. Na visão interior, em alguns carros o painel também é fielmente reproduzido. A promessa da Sony é que nas próximas atualizações, mais carros terão esse privilégio.

Gran Turismo 5

Jogabilidade

A jogabilidade é outro ponto forte do jogo. A corrida é totalmente simulada, muito longe da pilotagem arcade de outros jogos como Need for Speed. Quem está acostumado com os outros jogos, vai jogar GT5 sem problema algum. Além disso, a fidelidade à série também se apresenta na trilha sonora com clima de “lounge”, e nos objetivos do jogo.

Logo na primeira vez que você entra no jogo, é necessário criar o perfil de um piloto. Depois disso, é preciso vencer as corridas para ganhar dinheiro, fazer as provas que lhe darão direito a tirar carteiras especiais de pilotagem, ganhar carros pelo seu desempenho e comprar outros com o dinheiro recebido, de acordo com a necessidade de cada corrida.

Multiplayer

Outro ponto a ser destacado em GT5 é o seu modo multiplayer. Pode não ser um primor se for comparado a outros jogos, como os do estilo FPS por exemplo. Mas é muito fácil achar os seus amigos da PSN (que tem GT5 instalado) e convidá-los para uma corridinha. Ao entrar na área de comunidade, você pode criar sua própria sala ou entrar na mesma sala que um contato seu.

Ao criar uma sala, é possível estabelecer todo tipo de regra para a competição: número de voltas, número de cavalos permitido, tipo de carro, o circuito e outras características. Nestes casos, usar o headset do Playstation 3 é uma ótima ideia. Ainda online, você pode entrar em eventos especiais de corrida, que mudam de tempos em tempos, e comprar carros em uma loja online, cujo o acervo é diferenciado das concessionárias comuns do jogo e também podem sofrer alterações com o tempo.

Gran Turismo 5

Diversão

Definitivamente, Gran Turismo 5 não é um jogo de carro que agrade a todos os públicos. Seus gráficos podem chamar a atenção de qualquer mortal, mas é preciso paciência e dedicação para evoluir no jogo, e extrair o máximo de potencial que ele tem a oferecer. Portanto, ele é perfeito para os jogadores mais hardcore, mas espanta aqueles casuais.

Considerações finais

Antes de terminar o review, é preciso destacar o pouco cuidado que a Sony teve ao lançar o Gran Turismo 5 versão do Brasil, que foi fabricado na Zona Franca de Manaus. O Blu-ray está com a impressão um pouco embaçada, sem qualidade. Além disso, a parte de dentro da caixinha, que geralmente vem com uma arte, desta vez veio toda em branco. A própria Sony Brasil reconheceu o erro nesses primeiros lotes e promete solucionar o problema para os próximos.

Gráficos9
Som8.5
Jogabilidade8.5
Diversão10
9

Pedro Cardoso

Carioca, jornalista e apaixonado por games, cinema e esporte. Jogo videogame desde o Atari.